1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

DANIEL: Artista do Mês de Maio 2017

Terça, 02 Maio 2017 16:28

Artista do Mês

DANIEL

Artista do Mês de Maio de 2017

POPULARFM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Músico apresenta disco em Portugal nos dias 1, 3 e 4 de maio, no Coliseu do Porto, Casino da Figueira e Coliseu de Lisboa, respetivamente.

Com mais de 30 anos de carreira de sucesso no Brasil, dedicados essencialmente à música sertaneja, o cantor Daniel está agora de volta com um novo álbum de originais, intitulado “Daniel” e que chegou às lojas portuguesas no passado dia 24 de março. O disco sucede a “Daniel in concert em Brotas”, que assinalou a estreia do artista brasileiro na Universal Music.

Daniel” é o primeiro disco do músico produzido por Dudu Borges, nome por trás dos grandes sucessos da atual música sertaneja. O álbum é apresentado pelo single “Inevitalmente”, composto por Cesar Lemos, Edu Valim e Renan Valim, que dá pistas da nova sonoridade abraçada por Daniel, cada vez mais pop e moderno, mas não menos romântico. O vídeo oficial ultrapassou o 1 milhão de visualizações no YouTube em apenas duas semanas desde o lançamento.

Neste álbum, Daniel contou ainda com a colaboração dos compositores Peninha e Elias Moniz, colaboradores de longa data do cantor brasileiro, com quem criou vários sucessos ao longo de todo o seu percurso musical.

“Não é clichê dizer que cada álbum nasce de maneira diferente do outro porque, depois de tantos discos e DVDs lançados, senti novamente aquele friozinho na barriga ao cantar músicas inéditas ao vivo. Uma experiência muito diferente para mim começou a ser desenhada quando escolhemos o Dudu Borges para produzir este projeto, e não posso deixar de agradecer a dedicação e o carinho dele, além do profissionalismo que demonstrou desde o início”, afirma Daniel.

“Discurso ensaiado”, “Adoro amar você”, “Direção do vento”, “Prova de fogo”, “Amores seletivos”, “Golpe baixo” ou “Grama do quintal” são alguns das canções que se destacam deste novo álbum de estúdio de Daniel e espelham a renovação da sonoridade que este disco protagoniza.

O músico apresentará este álbum em Portugal, tendo já concertos marcados para os dias 1 de maio – no Coliseu do Porto –, 3 de maio – no Casino da Figueira –, e 4 de maio – no Coliseu de Lisboa.

 

FONTE: Universal

ANA DUARTE: Artista do Mês de Abril de 2017

Terça, 11 Abril 2017 13:49

Artista do Mês

ANA DUARTE

Artista do Mês de Abril de 2017

POPULARFM


Depois de dar a conhecer o single "Coração não sabe mentir", um dos temas que tem vindo a ser presença constante nos top's nacionais, neste início de 2017. Ana Duarte apresenta o seu novo álbum onde reúne os temas que maior sucesso fizeram, como é o caso de: "Tu és loucura", "Love me tonight" ou "Agora mata-me de amor" e "A mentira do teu olhar", incluindo ainda os dois singles, "Coração não sabe mentir" já referido e "Quero falar de amor" estes dois últimos, temas inéditos.
Em "Love me", Ana Duarte demonstra o porquê de ser considerada uma "bomba" de sensualidade e irreverência. Pronta para conquistar o público com este trabalho, segue uma linha sonora que é pautada pelos ritmos pop latinos, sem dúvida, a imagem de marca desta cantora.

 

FONTE: ESPACIAL

C4 PEDRO: Artista do Mês de Março de 2017

Quarta, 01 Março 2017 17:53

Artista do Mês

C4 PEDRO

 

Artista do Mês de Março de 2017

 

POPULARFM

 

Pedro Henrique Lisboa Santos a.k.a C4 PEDRO, nasceu em Luanda (Angola), no bairro do Sambizanga, mas deu os primeiros passos na música na Bélgica, onde viveu durante 10 anos.

C4 PEDRO é um dos mais influentes músicos angolanos da nova geração. Multifacetado, C4 PEDRO é músico, compositor, produtor e intérprete.

Em 2007, C4 PEDRO lança o seu álbum de estreia “Lágrimas – Um Só Povo Uma Só Canção” na Bélgica, que posteriormente (2009) é editado em Angola, aquando do seu regresso à sua terra-natal.

O seu segundo registo de originais “Calor e Frio”, chega aos escaparates em 2011 e catapulta a carreira do artista, aumentando exponencialmente a sua notoriedade. A digressão deste álbum, fruto do excelente desempenho dos temas de sucesso “Dá Só”, “Calor e Frio”, “Pokémon e Picachu”, “Casamento” e “Bo Tem Mel” (tema produzido por si e cantado e escrito em parceria com Nelson Freitas) leva o músico e produtor a esgotar pela primeira vez o Coliseu dos Recreios em Julho de 2013.

O ano de 2013 vê nascer o projecto B4 (C4 PEDRO e BIG NELO), que toma de assalto a indústria musical com o êxito “É Melhor Não Duvidar”. O vídeo do tema atingiu cerca de 25 milhões de visualizações no YouTube desde então, e a dupla percorreu vários países em digressão até ao fim do projecto em Setembro de 2015, não antes sem esgotar o Campo Pequeno em Lisboa (Maio 2014), encher o Coliseu dos Recreios (Outubro 2014) e actuado em vários eventos e festivais, entre os quais o Meo Sudoeste. O CD/DVD “Los Compadres – Ao Vivo em Lisboa”, gravado em Maio de 2014 durante o espetáculo esgotado no Campo Pequeno e editado no fim de 2014, manteve-se durante muito tempo no topo da tabela nacional de vendas em Portugal.

O videoclipe do tema “Quem Será (O Verdadeiro Amor)”, registou mais de 500.000 visualizações em apenas 2 semanas e entrou directamente para o top dos vídeos mais vistos do YouTube em Portugal.

Entre 2014 e 2015, a carreira de C4 PEDRO a solo tem assumido bastante destaque por toda a Europa, onde o músico e produtor participou em eventos e festivais como o Meo Sudoeste (Lisboa), África Dançar (Milão), entre muitos outros. O músico e produtor é actualmente o mais solicitado por vários artistas nacionais e internacionais, e esteve também envolvido em vários êxitos como “Bo Tem Mel” (Nelson Freitas), “Fica Parado” (Pérola), entre muitos outros.

A versatilidade e polivalência de C4 PEDRO levou-o a participar recentemente na telenovela portuguesa “A Única Mulher” e a dar voz a duas dos personagens do filme de animação “HOTEL TRANSYLVANIA 2”, que estreia em Portugal a 10 de Dezembro de 2015. C4 Pedro faz parte do elenco da versão em português, juntamente com Rita Pereira e João Manzarra, entre outros, que dão vida a estes personagens do filme.

No passado mês de Setembro de 2015 C4 PEDRO editou o seu mais recente trabalho “KING CKWA”, o terceiro álbum a solo editado com o selo Sony Music Entertainment, n.º 1 do iTunes e que entrou directamente para o 4.º lugar do top nacional de vendas. A obra inclui o êxito “Vamos Ficar Por Aqui” (já ultrapassou 10 milhões de visualizações no YouTube), “Tu és a Mulher”, “Spetxa One”, “African Beauty” (feat. Dj Maphorisa) – que já tem mais de 1 milhão de views, “Azar da Belita”, “Muita Areia”, entre outros que também fazem parte deste novo trabalho de C4 Pedro, autor e compositor da maioria dos 20 temas deste alinhamento.

Pérola, Zona 5, Big Nelo, Nelson Freitas, Dj Maphorisa, Kaysha, Edmázia, Prodígio, Francis, são os convidados deste álbum eclético que percorre sonoridades desde a pop ao afro beat, afro house, passando pelo r’n’b, zouk ou kizomba.

 

FONTE: C4 PEDRO

Sérgio Rossi - Artista do Mês de Fevereiro de 2017

Quarta, 01 Fevereiro 2017 14:35

Artista do Mês

Sérgio Rossi

 

Artista do Mês de Fevereiro de 2017


Sérgio Rossi nasceu em Lisboa na Maternidade Alfredo da Costa, no dia 06 de Agosto sob o signo de Leão. Filho de Celeste Sousa e Armindo de Sousa, ambos com vocação para a música nomeadamente na área do fado. No seio de uma família humilde cedo começou a despertar em si o instinto musical, aos 3 anos já adormecia nas casas de fados deliciado a escutar os seus pais a cantar, bem como nos concertos da consagrada "Girls Band" dos anos 80 "As Cocktail" e "As Doce" do qual a sua Tia e Madrinha de baptismo fazia parte, (a consagrada cantora portuguesa "Ágata"). A pouco e pouco o instinto e o gosto pela música foram surgindo e depois de tantas influências “caseiras” neste campo, o tal "bichinho" da música lá começou a nascer e a revelar-se numa grande paixão para o pequeno Sérgio. Não foram precisos mais de nove anos de vida, para Sérgio Rossi começar a tocar os seus primeiros acordes na guitarra e a cantar as suas primeiras melodias. Os palcos começavam a fazer parte da sua vida passando por diversos festivais infantis incluindo o teatro, onde com apenas 9 anos de idade já encantava plateias. Aos 13 anos começou a sua formação musical no "Instituto Musical Matono", onde se aperfeiçoou a tocar o seu instrumento preferido (guitarra) e enriqueceu os seus conhecimentos a nível de leitura para poder finalmente tocar e cantar as suas melodias. Aos 17 anos começou a cantar e a tocar pelos bares de Lisboa com as chamadas "bandas de garagem", facto que o levou a adquirir alguma experiência a nível de palco. Nesta altura da sua vida Sérgio foi sofrendo algumas influências de músicos e cantores que admirava como Gary Moore e BB King nos blues e Michael Bolton como seu cantor favorito, entre muitas bandas de Rock dessa altura como Bon Jovi e Europe que seguia e estudava a par e passo . É também nessa altura que começa a estudar canto e técnica vocal na Juventude Musical Portuguesa onde fez 5 anos de formação na área .

Sérgio Rossi é convidado a gravar o seu primeiro disco por uma editora aos 21 anos. Nessa altura passou por uma fase da sua vida em que sofreu bastantes influências de cantores de renome internacional tais como Luis Miguel , Ricky Martin entre outros. Cantores estes que vieram a ser decisivos na forma como Sérgio define a sua sonoridade quando começou a composição para a gravação do seu primeiro álbum de originais. “Será sempre assim” Um "Romântico" de alma e coração com sonoridades "Latinas" bem características de si mesmo , é como surge neste primeiro trabalho e se mantêm na musica ligeira em Portugal até aos dias de hoje. Com 23 anos chega aos top's nacionais logo no decorrer da apresentação e promoção do seu primeiro disco "Será sempre assim", e foi apartir daí, que nasceu mais um fiel "Lutador" da Música Portuguesa.

Em Fevereiro de 2017, altura em que é artista do mês da POPULARFM, Sérgio Rossi vai lançar o seu novo álbum "#18".

 

Fonte: Sérgio Rossi

Sérgio Rossi nasceu em Lisboa na Maternidade Alfredo da Costa, no dia 06 de Agosto sob o signo de Leão. Filho de Celeste Sousa e Armindo de Sousa, ambos com vocação para a música nomeadamente na área do fado. No seio de uma família humilde cedo começou a despertar em si o instinto musical, aos 3 anos já adormecia nas casas de fados deliciado a escutar os seus pais a cantar, bem como nos concertos da consagrada "Girls Band" dos anos 80 "As Cocktail" e "As Doce" do qual a sua Tia e Madrinha de baptismo fazia parte, (a consagrada cantora portuguesa "Ágata"). A pouco e pouco o instinto e o gosto pela música foram surgindo e depois de tantas influências “caseiras” neste campo, o tal "bichinho" da música lá começou a nascer e a revelar-se numa grande paixão para o pequeno Sérgio.
Não foram precisos mais de nove anos de vida, para Sérgio Rossi começar a tocar os seus primeiros acordes na guitarra e a cantar as suas primeiras melodias.
Os palcos começavam a fazer parte da sua vida passando por diversos festivais infantis incluindo o teatro, onde com apenas 9 anos de idade já encantava plateias.
Aos 13 anos começou a sua formação musical no "Instituto Musical Matono", onde se aperfeiçoou a tocar o seu instrumento preferido (guitarra) e enriqueceu os seus conhecimentos a nível de leitura para poder finalmente tocar e cantar as suas melodias.

Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.
Please update your Flash Player to view content.